Peixe / marisco

Blanquette de bacalhau


Saia da vitela, opte por uma receita de blanquette de bacalhau sempre com cogumelos e natas!

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 4 bifes de bacalhau (130 g cada, sem pele)
  • 3 chalotas
  • 2 cenouras
  • 1 abobrinha
  • 300 g de cogumelos botão
  • 1 limão
  • 40g de manteiga
  • 10 cl de vinho branco
  • 50 cl de caldo de peixe
  • 20 cl de creme líquido
  • 1 ovo
  • Pimenta salgada

Blanquette de bacalhau

- Descasque e pique as cebolas.

- Descasque e lave as cenouras e as abobrinhas. Corte-os em palitos finos.

- Limpe os cogumelos: mergulhe-os em dois banhos de água fria. Seque-os com um pano. Corte-os em rodelas finas e limpe-os.

- Em uma caçarola, derreta 20 g de manteiga, molhe as cebolas.

Regue com o vinho branco e o caldo. Deixe ferver por 5 minutos. Adicione o bacalhau, cozinhe por 8 a 10 minutos. Remova com uma escumadeira. Reserva.

- Numa frigideira, derreta o resto da manteiga, doure apenas os cogumelos. Adicione os sucos de cozimento obtidos ao conteúdo da caçarola.

- Cozinhe as cenouras e as abobrinhas no vapor por 3 minutos.

- Em uma tigela, despeje o creme de leite, acrescente uma gema de ovo, misture. Dissolva a mistura com um pouco do líquido contido na caçarola. Transfira tudo para a caçarola, misture, despeje o suco de meio limão. Temporada.

Coloque o bacalhau, os cogumelos, a cenoura e a abobrinha na caçarola. Misturar. Reaqueça sem ferver.

Servir quente.

B.A.ba do Chef

Sirva esta blanquette com arroz pilau: doure uma cebola picada em 20 g de manteiga, acrescente 200 g de arroz. Misture e despeje 25 cl de água. Tempere, tampe e cozinhe até que toda a água tenha evaporado.

Vinho para acompanhar a blanquette de peixe

A mistura cremosa e sedosa da blanquette vai compensar a secura carnuda e possível do bacalhau nesta receita onde o limão é o contraponto à doçura do molho e do peixe. Se a sutileza aromática pede vinhos com mais sutileza do que poder, duas direções são possíveis dependendo se você deseja reforçar a doçura e a cremosidade no palato ou trazer um pouco mais de acidez no contraste.

No primeiro caso, podemos escolher o carácter amanteigado e redondo de um Montagny, um vinho branco do sul da Borgonha, e no segundo caso, um Vouvray seco que vai trazer relevo ao realçar as nuances aromáticas de cogumelo do prato. .

Para os adeptos do vinho tinto, os vinhos do Loire feitos a partir da casta Cabernet, como o Saumur tinto servido gelado mas não gelado, irão reforçar as nuances vegetais e marítimas do final, desde que sejam flexíveis e pouco tânicos.

Sr. Chassin

Receita: T. Bryone, Foto: C. Herlédan


Vídeo: BACALHAU RECEITA DE BACALHAU BACALHOADA À PORTUGUESA! (Dezembro 2021).